A fotografia na história do Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM-SP)

Photography in the history of the Museum of Modern Art of São Paulo (MAM-SP)

  • Guilherme Marcondes Tosetto Centro Universitário Belas Artes de São Paulo
Palavras-chave: Fotografia. Museu. Coleção. Museu de Arte Moderna de São Paulo.

Resumo

Este artigo busca evidenciar a importância da fotografia na coleção do Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM-SP), tanto por refletir os momentos históricos relativos às aquisições desse tipo de obra de arte, quanto por evocar as relações que se estabelecem com os curadores, diretores e exposições que legitimaram a presença da fotografia dentro do museu. A primeira aproximação do museu com a fotografia acontece ao longo de exposições no final dos anos 1940, mas as primeiras incorporações de obras em suporte fotográfico somente acontecem no começo dos anos 1980, através da realização de eventos voltados exclusivamente para esse tipo de mídia. Nesse momento, estabelecem-se as bases da coleção, atualmente em constante crescimento em razão das incorporações efetivadas pelo Clube de Colecionadores de Fotografia, sempre em busca de dar conta da multiplicidade de imagens fotográficas produzidas por artistas brasileiros.

Palavras-chave: Fotografia. Museu. Coleção. Museu de Arte Moderna de São Paulo.

Biografia do Autor

Guilherme Marcondes Tosetto, Centro Universitário Belas Artes de São Paulo

Doutorando em Belas Artes pela Universidade de Lisboa (UL, Portugal); docente do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo e coordenador do Bacharelado Técnico em Fotografia.

Publicado
2020-07-13
Como Citar
Tosetto, G. (2020). A fotografia na história do Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM-SP). Revista De História Da UEG, 9(2), e922003. Recuperado de https://www.revista.ueg.br/index.php/revistahistoria/article/view/10497