O NORTESTE BRASILEIRO – ASPECTOS SOCIOLINGUISTICOS DENTRO DA OBRA DE GRACILIANO RAMOS: VIDAS SECAS

Palavras-chave: Sociolinguistica. Nordeste. Vidas Secas. Preconceito.

Resumo

É fato indiscutível que no Brasil o que se fala é uma gama de variações geográficas, sociais e individuais, já que o falante procura fazer uso da língua da forma que lhe for mais conveniente. Que a região Nordeste do Brasil é imensa e que possui realidades lingüísticas ainda bastante desconhecidas. E nesse sentiso, escolhe-se Vidas Secas, de Graciliano Ramos, para analiar os aspectos sociolinguisticos por meio de uma revisçao bibliogrpafica, onde o autor conta a trajetória de uma família do sertão nordestino, no polígono da seca, que busca a estabilidade num ambiente tão pouco propício a tal, onde o latifúndio, a miséria, o autoritarismo, a submissão do homem e a tristeza.

Biografia do Autor

José Ferreira Lopes Neto, SEDUCE

Possui graduação em Geografia pela Universidade Estadual de Goiás (2006), graduação em Letras pela Universidade Estadual de Goiás (2011) e graduação Pedagogia pela FALBE - Faculdade Albert Einstein. Especialista em Língua Portuguesa pelo Centro Universitário Barão de Mauá. Especialista em Educação para as Ciências e Humanidades pela Universidade Estadual de Goiás e Especialista em Educação Ambiental pelo Centro Universitário Barão de Mauá. Atua na educação desde 2003 e nesse percurso realizou inúmeras capacitações na área da educação. Possui sólida experiência e Formação acadêmica, requisitos básicos para uma significativa atuação profissional. (zezinhoflopinho@hotmail.com).

Publicado
2021-12-20
Seção
Artigos