A importância da afetividade e do lúdico na Educação Infantil

Palavras-chave: Afetividade. Lúdico. Ensino Aprendizagem. Práticas Pedagógicas.

Resumo

O presente trabalho tem o intuito de ampliar o conhecimento sobre o importante papel da afetividade e do lúdico nas práticas pedagógicas, a fim de propiciar um caminho educacional prazeroso, tanto para o aluno, quanto para o professor, tendo em vista o desenvolvimento pleno do educando. A escola, por ser o primeiro contato social da criança, depois da família, precisa respeitar seus conhecimentos prévios, e olhar para cada aluno como um ser único e de direitos, compreendendo suas dificuldades e se empenhando para solucionar os problemas com afeto e ludicidade, respeitando a criança e seu universo, tendo em mente que está formando seres humanos capazes de conviver em sociedade, cidadãos críticos e ativos. A Educação Infantil de qualidade envolve fatores emocionais, afetivos e sociais, onde através da interação, das brincadeiras, da música, dos jogos, das experimentações, de um ambiente acolhedor, atrativo e voltado para a criança, o processo ensino aprendizagem se torna significativo e eficaz. Como resultado, espera-se que o professor compreenda que suas ações afetam as crianças, e despertam emoções, se as mesmas resultam em situações desagradáveis, a aprendizagem é comprometida. Porém, se as ações geram situações agradáveis, há uma resposta positiva, ou seja, há êxito no processo ensino-aprendizagem, além de desenvolver uma boa relação professor-aluno, bem como carinho e respeito mútuo, contribuindo para uma sociedade mais justa, pois o exercício da cidadania começa na escola.

Biografia do Autor

Danúbia Carvalho Pereira Silva

Graduanda em Pedagogia pela Universidade Estadual de Goiás 2020 (danubiacps29@gmail.com).

Paloma Silva Rodrigues Ferraz

Graduanda em Pedagogia pela Universidade Estadual de Goiás 2020 (amolaptizzo@gmail.com).

Publicado
2021-03-09
Seção
Artigos