Metodologias ativas na promoção da saúde de escolar

  • Gilson Xavier de Azevedo
  • Daniella Vieira Ferreira
Palavras-chave: Educação e saúde. Metodologias ativas. Arco de Meguerez.

Resumo

Este artigo tem por objetivo identificar as vantagens do uso de metodologias ativas na promoção da saúde escolar. Justifica-se o estudo dados dos desafios de profissionais que atuam na educação em saúde. Trabalha-se com a questão da possibilidade de eficácia no uso de metodologias ativas como o arco de Meguerez. Adota-se por hipótese a possibilidade de constatação de eficácia do método adotado. Aponta-se como resultados a disseminação e ampliação do debate entono da questão.

Biografia do Autor

Gilson Xavier de Azevedo

Doutorando em Ciências da Religião pela PUC-GO (2014-2016-BOLSISTA FAPEG). Mestre em Ciências da Religião pela PUC-GO (2014 - BOLSISTA FAPEG). Filósofo (Dom Felício, 1998/FAEME, 2007), Pedagogo (UVA-ACARAÚ, 2004) e Teólogo (FAETEL, 2002/MACKENZIE, 2006), Pós-graduado em Administração Escolar e Coordenação Pedagógica (UVA-RJ, 2006), Ética e cidadania (UFG, 2012) e Filosofia Clínica (Inst. Packter/PUC, 2013). Professor Titular de Filosofia do Direito e Filosofia Empresarial pela FAQUI (desde 2006); Ex-Coordenador do curso de Pedagogia da UEG Quirinópolis (2011-12); Professor convidado da UNIUBE em Quirinópolis; Professor de Filosofia e Sociologia da rede particular também em Quirinópolis; Professor Efetivo da Universidade Estadual de Goiás (Concurso 2013-14); Palestrante e conferencista com mais de 200 horas de atividades proferidas (gilsoneduc@yahoo.com.br).

Publicado
2020-06-30
Seção
Artigos