A importância da educação de jovens e adultos

EJA para a inclusão da mulher

  • Daniele Lopes Oliveira Faculdade de Piracanjuba
  • Lanuzza Cruz, Mestre Pontifícia Universidade Católica de Goias
Palavras-chave: Exclusão, Gênero feminino, Educação de Jovens e Adultos, Inserção, libertação.

Resumo

O presente trabalho buscou discutir a importância da Educação de Jovens e Adultos, para mudar o cenário de exclusão das mulheres. Historicamente as mulheres, vem lutando por melhores condições de emprego, acesso à educação e sua cidadania. Assim o EJA, vem de encontro com os anseios, de grande parte das mulheres encontrou na EJA uma forma de adquirir liberdade financeira e de pensamento. Entretanto, a sociedade ainda tem como herança o regime patriarcal, o que gera, muitas vezes, dificuldades que impedem a inserção e a permanência das mulheres na escola, já que essas muitas vezes são chefes de família e/ou são responsáveis sozinhas pelos cuidados da casa e dos filhos. Levando esses fatos em consideração, este trabalho busca evidenciar e compreender os motivos que levaram a desistência e o retorno para a escola por parte de mulheres matriculadas na modalidade EJA, salientando as mudanças promovidas pelo retorno, além de levantar o questionamento e discussão de gênero dentro da sala de aula.

Biografia do Autor

Lanuzza Cruz, Mestre, Pontifícia Universidade Católica de Goias

Mestre em Letras, pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (2014). Graduada em Secretariado Executivo Bilíngue, pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (2000). Graduada em Direito pela Fundação UNIRG (2007). Licenciada em Pedagogia pela Faculdade Paulista São José. Atualmente, é Diretora do Colégio Moderno (Grupo Educacional Moderno) e Gestora do Polo Uninter de Gurupi/TO . Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em análise do discurso.

Publicado
2020-06-30
Seção
Artigos