CONCORDÂNCIA, CONFIABILIDADE E SEGURANÇA NA APLICABILIDADE DO TESTE DE MEDICAL RESEARCH COUNCIL E DINAMOMETRIA DE PREENSÃO PALMAR EM PACIENTES COM INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO

  • Fiamma de Melo Scariot universidade uniderp/hospital regional mato grosso do sum
  • Daniel Martins Pereira
Palavras-chave: Força Muscular, Reprodutiblidade, Infarto do Miocárdio

Resumo

Introdução: As doenças cardiovasculares representam uma das principais causas de mortalidade e declínio da qualidade de vida. A mensuração da força muscular é uma importante ferramenta para avaliar o paciente crítico, visto que há fatores associados à piora da função motora, dentre as formas de avaliar temos o MRC e a dinamometria de preensão palmar. Objetivo: Avaliar a concordância confiabilidade e segurança na aplicabilidade dos testes de MRC e dinamometria de preensão palmar no paciente antes de realizar o procedimento da angioplastia. Metodologia: Trata-se de um estudo de natureza quantitativa, prospectivo e de caráter analítico, foi realizado no hospital Regional MS e hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian de Campo Grande-MS no período de junho a setembro de 2019. Resultados: A amostra foi composta por 11 participantes do sexo masculino e 4 do sexo feminino internados na unidade coronariana e enfermaria cardiológica com uma média de idade de 58.5 anos, diagnóstico de infarto agudo do miocárdio com supradesnvelamento de segmento ST 7 participantes e sem supra desnivelamento de seguimento ST 8 participantes, os achados relacionados aos biossinais antes e após a avaliação apresentou resultados significante para saturação periférica de oxigênio na primeira avaliação p=0,0489 e pressão arterial diastólica na segunda avaliação p=0,0278, a análise de concordância Kappa= 0,6667, com boa replicabilidade  p=0,0038 entre as duas formas de executar a avaliação de força. Conclusão: O método de avaliação utilizado não apresentou alterações significativas nos biossinais indicando segurança na realização da avaliação e também confiabilidade na reprodução do exame realizado por outro profissional.

Publicado
2021-09-16
Como Citar
Scariot, F., & Pereira, D. (2021). CONCORDÂNCIA, CONFIABILIDADE E SEGURANÇA NA APLICABILIDADE DO TESTE DE MEDICAL RESEARCH COUNCIL E DINAMOMETRIA DE PREENSÃO PALMAR EM PACIENTES COM INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO. Movimenta (ISSN 1984-4298), 14(2), 229-239. Recuperado de https://www.revista.ueg.br/index.php/movimenta/article/view/9829
Seção
Artigo Original