ALOJAMENTO PARA PESQUISADORES: O CASO DO PARQUE ESTADUAL DA SERRA DE CALDAS NOVAS – GOIÁS

  • AMANDA SUELI MADEIRA PEREIRA Universidade Estadual de Goiás (UEG, Unidade Caldas Novas)
  • MARCOS ROBERTO PISARSKI JUNIOR Universidade Estadual de Goiás (UEG, Unidade Caldas Novas)

Resumo

Este trabalho objetiva discutir a importância dos instrumentos de hospitalidade, em especial da hospedagem, localizados em Unidades de Conservação (UCs) ambiental. Por meio de uma detalhada revisão bibliográfica e da aplicação de um questionário complementar à equipe gestora, empregaram-se o Parque Estadual da Serra de Caldas Novas (PESCaN), na cidade turística de Caldas Novas, Goiás, Brasil, e sua estrutura de hospedagem como objetos de pesquisa. Assim, foi possível verificar a importância de tais instrumentos para receber pesquisadores e as contribuições à comunidade acadêmica. À guisa de conclusão, são apresentados alguns problemas observados pela equipe gestora do PESCaN, em que se nota a falta de feedback e apoio aos investigadores que utilizaram as estruturas.

Biografia do Autor

AMANDA SUELI MADEIRA PEREIRA, Universidade Estadual de Goiás (UEG, Unidade Caldas Novas)

Aluna do Curso Superior de Tecnologia em Hotelaria, Universidade Estadual de Goiás (UEG, Unidade Caldas Novas)

MARCOS ROBERTO PISARSKI JUNIOR, Universidade Estadual de Goiás (UEG, Unidade Caldas Novas)

Professor dos Cursos Superiores de Tecnologia em Hotelaria e Tecnologia em Gastronomia da Universidade Estadual de Goiás (UEG, Unidade Caldas Novas) e Doutorando em Desenvolvimento, Sustentabilidade e Turismo pela Universidad de Guadalajara, UDG, México e Mestre em Turismo pela Universidade Federal do Paraná - UFPR

Publicado
2022-06-10
Seção
Artigos