Vazios urbanos e desafios para a implementação de Zonas Especiais de interesse Social: Estudo de caso de áreas públicas no município de Itapuranga, Goiás, Brasil

Empty urban areas and challenges for the implementation of Special Zones of Social Interest: Case study of public areas in the municipality of Itapuranga, Goiás, Brazil

  • Lucas Florambel Rodrigues Universidade Estadual de Goiás, Itapuranga
  • Luana Nunes Martins de Lima Universidade Estadual de Goiás
Palavras-chave: Vazios urbanos, Áreas Públicas Municipais, Zonas Especiais de Interesse Social, Itapuranga (GO)

Resumo

O objetivo dessa pesquisa foi identificar os vazios urbanos em Áreas Públicas Municipais (APMs) na cidade de Itapuranga, Goiás, e a atuação do poder público municipal, bem como refletir sobre os efeitos desse fenômeno na dinâmica imobiliária e na política urbana do município. Como etapas metodológicas foram realizadas: 1) Revisão bibliográfica conceitual e temática; 2) Pesquisa de campo: entrevistas semiestruturadas  e levantamento espacial de identificação e quantificação das APMs que podem ser qualificadas como vazios urbanos dentro do limite perimetral urbano; 3) Pesquisa documental no Plano Diretor Municipal e em legislação correlata, realizada na Prefeitura Municipal e em seu sítio eletrônico; e 4) Mapeamento por meio de Sistemas de Informações Geográficas (SIG) tratado pelo programa Corel Draw. Os resultados apontam para a persistência dos vazios urbanos no município como desafios para a implementação de Zonas Especiais de Interesse Social (ZEIS), de forma a garantir à população dos bairros acessos à urbanidade, segundo os princípios do “direito à cidade”.

Empty urban areas and challenges for the implementation of Special Zones of Social Interest: Case study of public areas in the municipality of Itapuranga, Goiás, Brazil

Abstract: The objective of this research was to identify the empty urban areas in Municipal Public Areas (APMs) in the city of Itapuranga (GO) and the actions of the municipal public power, as well as to reflect about the effects of this phenomenon on the real estate dynamics and urban policy of the municipality. The methodological steps carried out were: 1) Conceptual and thematic bibliographic review; 2) Field research:  semi-structured interviews and spatial survey of identification and quantification of APMs that can be qualified as empty urban areas within the urban perimeter limit; 3) Documentary research in the City’s Urban Plan and correlate legislation, carried out at the City Hall and on its website; and 4) Mapping through of Geographic Information Systems (GIS) treated by the Corel Draw program. The results point to the persistence of empty urban areas in the municipality as challenges to the implementation of Special Zones of Social Interest (ZEIS), in order to guarantee access to urbanities to the population of the neighborhoods, according to the principles of the “right to the city”.

Key words: Empty urban areas; Municipal Public Areas; Special Areas of Social Interest; Itapuranga; Goiás; Brazil.  

Vacíos urbanos y desafíos para la implementación de Zonas Especiales de Interés Social: Estudio de caso de áreas públicas en el municipio de Itapuranga, Goiás, Brasil  

Resumen: El objetivo de esta investigación fue identificar los vacíos urbanos en las Áreas Públicas Municipales (APMs) de la ciudad de Itapuranga (GO) y el desempeño del poder público municipal, así como reflexionar sobre los efectos de este fenómeno en la dinâmica del sector inmobiliario y em la política urbana del municipio. Se dieron los siguientes pasos metodológicos: 1) Revisión bibliográfica conceptual y temática; 2) Investigación de campo: entrevistas semiestructuradas y levantamiento espacial de identificación y cuantificación de APMs que se pueden clasificar como vacíos urbanos dentro del límite del perímetro urbano; 3) Investigación documental en el Plan Director Municipal y legislación relacionada, realizada en la Prefectura Municipal y en su sitio electrónico; y 4) Mapeo por medio de Sistemas de Información Geográfica (SIG) tratados por el programa Corel Draw. Los resultados apuntan a la persistencia de vacíos urbanos en el municipio como desafíos para la implementación de Zonas Especiales de Interés Social (ZEIS), a fin de garantizar el acceso de la población de los barrios a la urbanidad, de acuerdo con los principios del “derecho al ciudad". 

Palabras clave: Vacíos urbanos; Áreas Públicas Municipales; Áreas Especiales de Interés Social; Itapuranga; Goiás; Brasil.

Biografia do Autor

Lucas Florambel Rodrigues, Universidade Estadual de Goiás, Itapuranga

Graduado em Geografia pela Universidade Estadual de Goiás, Unidade de Itapuranga.

Luana Nunes Martins de Lima, Universidade Estadual de Goiás

Doutora em Geografia pela Universidade de Brasília. Mestre e Graduada em Geografia pela Universidade Federal de Goiás. Especialista em História Cultural pela mesma instituição. Graduada em Turismo pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás.

Referências

AZEVEDO, Eurico de Andrade. Direito de Preempção. In: Estatuto da Cidade. São Paulo: Edição Fundação Prefeito Faria Lima (CEPAM), 2001 (CD rom).
BAZOLLI, João Aparecido. Os Efeitos dos Vazios Urbanos no custo de Urbanização da Cidade de Palmas-TO. Estudos Geográficos: Revista Eletrônica de Geografia, Rio Claro, v. 7, n. 1, p. 103 – 123, 2009.
BRASIL. Lei Federal n° 11.997, de 07 de julho de 2009. Dispõe sobre o Programa Minha Casa, Minha Vida – PMCMV e a regularização fundiária de assentamentos localizados em áreas urbanas. Brasília: Casa Civil, [2009]. Disponível em: . Acesso: nov. 2018.
CAMPOS, Kátia Mesquita. A Dinâmica Socioespacial de Itapuranga no Contexto da Modernização e da Rede Urbana. 152 f. Dissertação (Mestrado em geografia) – Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2017.
CAVALCANTE, Tercia Correa. Barueri e sua participação no conjunto metropolitano na faixa periférica da metrópole paulistana. 155 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 1972.
CONTI, Eliane França; FARIA, Teresa Peixoto; TIMÓTEO, Geraldo Marcio. Os vazios Urbanos versus a função social da propriedade: O papel do plano diretor da cidade de campos de Goytacazes. Boletim de Geografia, Maringá, v .32, n.3, p. 151-169, set.-dez. 2014.
CORRÊA, Roberto Lobato. O espaço urbano. São Paulo: Ática,1989.
EBNER, Iris de Almeida Rezende. Vazios Urbanos: uma abordagem do ambiente construído. 217 f. Dissertação (Mestrado em Estruturas Ambientais e Urbanas) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 1997.
ESTATUTO DA CIDADE. Lei Federal. N°10.257/2001. 3. ed. – Brasília: Senado Federal, Subsecretaria de Edições Técnicas, 2008.
GOULART, Jefferson Oliveira; TERCI, Eliana Tadeu; OTERO, Estevam Vanale. Urbe - Revista Brasileira de Gestão Urbana, v.7, n.1, p.122-135, jan./abr., 2015.
IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia Estatística). Quantitativo populacional - censo do ano de 2010. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/. Acesso em: 10 jan. 2019.
ITAPURANGA. Lei n°1453, de 24 de dezembro de 2002. Autoriza doar bens imóveis do município que especifica, por doação ao Estado de Goiás. Itapuranga: Câmara Municipal, 2002. Disponível em:< https://acessoainformacao.itapuranga.go.gov.br>. Acesso em: mar/2021.
ITAPURANGA. Lei n°1.680, de 18 de dezembro de 2007. Dispõe sobre o Plano Diretor e o Processo de Planejamento do Município de Itapuranga e dá outras Providências. Itapuranga: Câmara Municipal, 2007.
ITAPURANGA. Lei n°1.824, de 2 de setembro de 2011. Cria a Zona Especial de Interesse Social - ZEIS na forma que especifica e dá outras providências. Itapuranga: Câmara Municipal, 2011. Disponível em: < https://acessoainformacao.itapuranga.go.gov.br>. Acesso em: mar/2021.
ITAPURANGA. Lei n°1.892, de 17 de maio de 2013. Altera a destinação de Áreas Públicas Municipais Localizadas nos loteamentos denominados “Veredas de Itapuranga”, “Conde dos Arcos”, “Terezinha Glória” e “Jardim Imperial” e dá outras providências. Itapuranga: Câmara Municipal, 2013. Disponível em:< https://acessoainformacao.itapuranga.go.gov.br>. Acesso em: mar/2021.
ITAPURANGA. Lei n°1.920, de 6 de dezembro de 2013. Autoriza a desafetação e alienação por permuta de bens públicos do município de Itapuranga e dá outras providências. Itapuranga: Câmara Municipal, 2013. Disponível em:< https://acessoainformacao.itapuranga.go.gov.br>. Acesso em: mar/2021.
ITAPURANGA. Lei n° 2.085, de 04 de outubro 2019. Dispõe sbre a desafetação e a alienação por doação de bem público municipal e dá outras providências. Itapuranga: Câmara Municipal, 2019. Disponível em:< https://acessoainformacao.itapuranga.go.gov.br>. Acesso em: mar/2021.
LEFEBVRE, Henri. O direito à cidade. São Paulo: Centauro, 2001.
MARINS, Carlos Eduardo de Oliveira. A Segregação Socioespacial no contexto de uma pequena cidade: o caso de Itapuranga. 93 f. Monografia (Graduação em Geografia) – Universidade Estadual de Goiás, Itapuranga, 2016.
NEVES, Luiz. Vazios urbanos na área central de Rio de Janeiro. Preservação e Reabilitação Urbana. Revista impulso, Piracicaba, v.14, n.35, p.10-25, 2003.
NUCCI, João Carlos. Qualidade ambiental e adensamento urbano: um estudo de ecologia e planejamento da paisagem aplicado ao distrito de Santa Cecília (MSP). 2. ed. Curitiba, 2008.
POLÍTICA NACIONAL DE HABITAÇÃO. Cadernos MCidades, n. 4, Ministério das Cidades, Brasília, 2006.
REZENDE, Daniel Mendonça. Expansão Urbana de Itapuranga (GO): Uma Análise das Periférias nos Eixos Leste e Oeste da GO-230. 70 f. Monografia (Graduação em Geografia) – Universidade Estadual de Goiás, Itapuranga 2017.
RODRIGUES, Ana Carolina Vicente. Análise do espaço considerados vazios urbanos na cidade de Guariba-PB. 38 f. Monografia (Graduação em Geografia) – Universidade Estadual da Paraíba, Guarabira, 2011.
SANTANA, Lucycleide Santos. Os vazios urbanos nos centros de cidades como lugar para habitação de interesse social: O caso de Maceió/AL. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo: Dinâmica do Espaço Habilitado) – Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2006.
SANTOS, Cicília Dias dos. A formação do espaço urbano: cidades medias para o crescimento da rede urbana brasileira. Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento Regional, Taubaté, v. 5, n. 1, p. 177 - 190, jan./abr. 2009.
SANTOS, Milton. A Natureza do Espaço. Técnica e Tempo. Razão e Emoção. 2. ed. São Paulo: Hucitec, 1997.
______. O espaço de cidadão. 2. ed. São Paulo: Nobel, 1993.
VILLAÇA, Flávio José Magalhães. Dilemas do plano diretor. In: Fundação Prefeito Faria Lima_Cepam (Org). O município no século XXI: cenários e perspectivas. Edição Especial. São Paulo, 1999, p. 237-247.
Publicado
2021-09-20
Como Citar
Florambel Rodrigues, L., & Lima, L. (2021). Vazios urbanos e desafios para a implementação de Zonas Especiais de interesse Social: Estudo de caso de áreas públicas no município de Itapuranga, Goiás, Brasil. Élisée - Revista De Geografia Da UEG, 10(2), e102212. Recuperado de https://www.revista.ueg.br/index.php/elisee/article/view/11578
Seção
Artigos