O BALANÇO DE PAGAMENTOS COMO RESTRIÇÃO AO CRESCIMENTO ECONÔMICO

aplicação empírica da abordagem multissetorial ao caso brasileiro no período 1996-2013

  • Mário Fernando de Sousa Universidade de Campinas
  • Sérgio Fornazier Meyrelles Filho Universidade Federal de Goiás - FACE/UFG
  • sabrina Faria de Queiroz Universidade Federal de Uberlândia-IE/RI/UFU
  • Antonio Marcos de Queiroz Universidade Federal de Goiás/Faculdade de Administração, Contábeis e Economia – FACE, Goiânia, GO, Brasil https://orcid.org/0000-0001-9050-2781

Resumo

Tendo como referência a literatura pós-keynesiana do crescimento econômico sob restrição externa, iniciada pelo trabalho seminal de Thirlwall (1979), o presente estudo explora uma extensão desse modelo básico para um contexto multissetorial e utiliza esse referencial como base para uma análise econométrica aplicada à economia brasileira. A investigação proposta baseia-se na estimação de Vetores Autorregressivos (VAR), com dados para o período 1996-2013. No geral, as evidências obtidas parecem corroborar a validade do modelo testado, apontando para a desejabilidade de políticas que alterem a pauta de exportações da economia em favor de setores mais intensivos em tecnologia.

Biografia do Autor

Mário Fernando de Sousa, Universidade de Campinas

Doutorando em Estatística

Sérgio Fornazier Meyrelles Filho, Universidade Federal de Goiás - FACE/UFG

Doutor em Economia pelo CEDEPLAR-UFMG e professor associado pela FACE/UFG

sabrina Faria de Queiroz, Universidade Federal de Uberlândia-IE/RI/UFU

Doutora em Economia pela UFU e professora de Economia no IE/RI/UFU

Antonio Marcos de Queiroz, Universidade Federal de Goiás/Faculdade de Administração, Contábeis e Economia – FACE, Goiânia, GO, Brasil

Doutor em Economia pela UFU e Professor

Publicado
2022-02-12
Seção
Artigos