DESLOCAMENTOS DO DISCURSO BÍBLICO EM A VERDADEIRA HISTÓRIA DO PARAÍSO, DE MILLÔR FERNANDES

  • Thyago Madeira França UEG
  • Adrielle Guimarães de Oliveira

Resumo

O presente trabalho analisa os deslocamentos do discurso bíblico em A verdadeira história do Paraíso, de Millôr Fernandes. Lançada originalmente em 1963, a narrativa reconta o pecado original cometido por Adão e Eva, apresentado pela Bíblia Sagrada. A partir de uma inscrição teórica nos estudos do discurso de Michel Pêcheux, analisamos sentidos relacionados aos processos de memória discursiva sobre o livro da Gênesis e o mito de Adão e Eva, identificando tanto processos de estabilização parafrástica dos já-ditos do discurso religioso, quanto jogos de força que desregulam e perturbam os implícitos bíblicos. Por meio de uma análise linear dos acontecimentos que compõem a narrativa de Millôr, identificamos a presença interdiscursiva de várias formações discursivas que dialogam, mas que também subvertem as escrituras religiosas. Como resultados, identificamos pontos de desregulação que perturbam a rede dos implícitos sobre as escrituras, não necessariamente descredibilizando a história bíblica, mas propondo novas possibilidades de interpretação, a partir de atravessamentos dialógicos e interdiscursivos das FD humorística, literária, publicitária, política e contemporânea.

Publicado
2021-07-23
Seção
Interdisciplinaridades: Ciência e arte