Produção de mudas de Acacia mangium Willd. em diferentes ambientes e recipientes

  • Lucas Robson de Oliveira Universidade Estadual de Goiás
  • Wanderson Silva dos Santos Universidade Estadual de Goiás
  • Cleiton Gredson Sabin Benett Universidade Estadual de Goiás
  • Willian Barros Sidão
  • Ademilson Coneglian
  • Katiane Santiago Silva Benett

Resumo

Objetivou-se identificar o melhor tipo de recipiente e ambiente para crescimento e produção de mudas de Acacia mangium Willd. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado em esquema fatorial 2 x 3 em dois ambientes de cultivo (coberto com plástico filme e com tela Sombrite® 50%) e três tipos de recipientes (tubetes de 120, 290 e 820 cm³), com 21 repetições cada. Avaliou-se: primeira contagem de emergência, emergência total, índice de velocidade de emergência, altura de plantas, diâmetro do caule das plantas, matéria fresca e seca da parte aérea e raiz, índice de qualidade de Dickson e índice relativo de clorofila. Os resultados foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. Para as análises estatísticas utilizou-se o programa R Core Team. As mudas produzidas em ambiente coberto com plástico filme e no tubete de 820 cm3 apresentaram os melhores resultados.

Biografia do Autor

Wanderson Silva dos Santos, Universidade Estadual de Goiás

Discente do curso de Agronomia pela Universidade Estadual de Goi´ás - Campus Sudeste, Unidade Universitária de Ipameri. 

Cleiton Gredson Sabin Benett, Universidade Estadual de Goiás

Professor Doutor do curso de Agronomia e Engenharia Florestal da Universidade Estadual de Goiás -Campus Sudeste, Unidade Universitária de Ipameri.

Willian Barros Sidão

Discente do curso de Agronomia pela Universidade Estadual de Goi´ás - Campus Sudeste, Unidade Universitária de Ipameri. 

Ademilson Coneglian

Professor Doutor do curso de  Engenharia Florestal da Universidade Estadual de Goiás -Campus Sudeste, Unidade Universitária de Ipameri.

Katiane Santiago Silva Benett

Professora Doutora do curso de Agronomia da Universidade Estadual de Goiás - Campus Sudeste, Unidade Universitária de Ipameri.

Publicado
2022-01-07
Seção
Artigos