REFLEXÕES PRELIMINARES ACERCA DA ESCASSEZ DA ÁGUA NO ESTADO DE GOIÁS

  • Lidiane Maria de Oliveira Gomes Universidade Estadual de Goiás
  • Jose Carlos de Souza
  • Vandervilson Alves Carneiro Universidade Estadual de Goiás

Resumo

: A metodologia de pesquisa adotada neste trabalho apresenta e discute o planejamento e a gestão dos recursos hídricos, ou seja, uma gestão participativa, integrada, descentralizada onde haja uma participação social e a tomada de decisões no novo processo de implantação do sistema nacional. Aborda a questão de desenvolvimento sustentável, a escassez hídrica e a falta de políticas públicas aplicada ao setor hídrico. A gestão hídrica é um elemento vital para a gestão ambiental, mas este processo passa por um período de transição institucional com a privatização de serviços públicos e a regulamentação dos recursos hídricos no Brasil, e em Goiás, teve início por volta da década de 1990, com o avanço da agricultura, de atividades industriais e crescimento populacional, que impulsionou a demanda pelo uso da água, muitas das vezes de forma irregular. O objetivo desta pesquisa é fazer uma reflexão sobre o cenário de escassez hídrica evidenciada no Estado de Goiás, com possível agravamento da situação, bem como da necessidade de implementação de uma gestão integrada
dos recursos hídricos.
Palavras-chave: Escassez hídrica; Gestão das águas. Estado de Goiás.

Referências

.
Publicado
2021-02-20
Seção
Artigos