TRABALHO DE CAMPO NO PARQUE ESTADUAL DA SERRA DOURADA: UM OLHAR DA DISCIPLINA DE TÓPICOS DE GEODIVERSIDADE

  • Filipe Borba de Moura Mestrando em Geografia, Universidade Estadual de Goiás - UEG, Campus Cora Coralina, Cidade de Goiás / GO
  • Vandervilson Alves Carneiro Docente do Mestrado em Geografia, Universidade Estadual de Goiás - UEG, Campus Cora Coralina, Cidade de Goiás / GO

Resumo

Resumo: O presente estudo tem como objetivo apresentar o trabalho de campo desenvolvido na disciplina de Tópicos de Geodiversidade do Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Estadual de Goiás, Campus Cora Coralina. Neste intuito foi realizado o campo no Parque Estadual Serra Dourada/GO, o qual possui uma área de 30 mil hectares e ocupa o território de quatro municípios sendo eles Mossâmedes, Buriti de Goías, Novo Brasil e a Cidade de Goiás. A Serra Dourada foi criada com a finalidade de buscar a proteção da Biodiversidade do Cerrado e da Geodiversidade, está compreendida aqui não somente como os elementos físicos do ambiente do parque, mas sendo esses elementos a base para desenvolvimento da vida na terra. O objetivo do trabalho é apresentar o campo realizado e para melhor entendimento foi feito uma revisão do histórico da formação do Parque, além de evidenciar discussões criadas durante a atividade. A metodologia utilizada baseou-se em uma revisão bibliográfica, e posteriormente a realização do campo no Parque Estadual com o intuito de fazer a aproximação entre a teoria e a prática. Por fim, foi possível evidenciar a Geodiversidade do Parque com um olhar atentando para todos os elementos da natureza tanto da Biodiversidade e principalmente para Geodiversidade e as relações entre o homem e natureza.

Palavras-Chaves: Geodiversidade, Trabalho de Campo, Serra Dourada.

Referências

não
Publicado
2020-08-06
Seção
Artigos