RECORTE SOBRE POLÍTICAS PÚBLICAS DESTINADAS À ATIVIDADE CANAVIEIRA NO BRASIL E EM GOIÁS

  • Marcos Antonio Marcelino Faculdade de Anicuns
  • Eder Luz Xavier dos Santos Universidade Estadual de Goiás (UEG)

Resumo

RESUMO: Ao fazer uma discussão sobre políticas públicas diretamente, esta se refere à ação do Estado, pois, esse é o ente legal que as conduzem. Tal ação é direcionada ao território nacional, que por sua vez atende a interesses econômicos conjunturais. No que se refere à atividade canavieira no Brasil remonta-se a fase colonial quando essa se voltava para enriquecimento de Portugal. No início da implantação da atividade canavieira no Brasil as lavouras estendiam-se, pelo litoral nordestino e posteriormente à região Sudeste. As conjunturas de valorização comercial da atividade direcionaram as ações do Estado brasileiro para migração desta produção para a região Centro Oeste, com destaque ao Estado de Goiás. Nesse sentido, foram desenvolvidas análises e reflexões com objetivo de compreender a atuação do Estado no exercício das políticas públicas e suas relações com a atividade canavieira, parte-se do princípio que no sistema capitalista de produção o Estado é um agente que transfere recursos públicos para o setor privado. Para tanto, tem-se como base metodológica a pesquisa qualitativa com revisão bibliográfica de pesquisadores e órgãos governamentais que retratam o assunto, no intuito de evidenciar a geopolítica do Estado, perante a atividade canavieira. Por fim, percebeu-se que a referida atividade no Brasil e em Goiás, sempre teve como vértice a atuação do Estado pela via das políticas públicas.

Palavras-chave: Atividade canavieira. Estado. Políticas públicas.

Referências

não
Publicado
2020-08-06
Seção
Artigos