NOTAS PRELIMINARES DE EXTRATIVISMO MINERAL - AS OLARIAS DO MUNICÍPIO DE GOIÁS (GO)

  • Jonival Junior de Oliveira Botelho Graduado em Geografia, UEG - Universidade Estadual de Goiás, Campus Cora Coralina, Cidade de Goiás / GO.
  • Lorranne Gomes da Silva Docente do Curso de Geografia, UEG - Universidade Estadual de Goiás, Campus Cora Coralina, Cidade de Goiás / GO.
  • Vandervilson Alves Carneiro Docente dos Cursos de Química Industrial e Química Licenciatura, UEG - Universidade Estadual de Goiás, Campus Henrique Santillo, Anápolis / GO.

Resumo

Resumo: Neste artigo é tratada a questão das olarias da Cidade de Goiás (GO) em 2018, ou seja, os seus aspectos socioambientais. Para tal, objetivou-se identificar as principais olarias e a lida com a argila no dito município, além de entender a dinâmica dessa atividade englobando extração, mão de obra, empregos diretos e indiretos, além dos impactos ambientais via levantamento bibliográfico específico, visitas técnicas e entrevistas com os trabalhadores e proprietários para compor o quadro geográfico. A investigação revelou o trabalho rústico e clandestino das olarias, a degradação ambiental das áreas alagadas e ribeirinhas, bem como a vulnerabilidade socioambiental desse tipo de empreendimento.

Palavras-chave: Argilas. Impactos socioambientais. Cidade de Goiás.

 

Referências

não
Publicado
2020-08-06
Seção
Artigos