AVALIAÇÃO SAZONAL DO VIGOR VEGETATIVO DO MUNICÍPIO DE MINAÇU POR MEIO DO ÍNDICE DE VEGETAÇÃO AJUSTADO AO SOLO (SAVI)

  • Andreiza Ribeiro Vieira Universidade Estadual de Goiás, Campus Cora Coralina
  • José Carlos de Souza Universidade Estadual de Goiás, Campus Cora Coralina

Resumo

Este estudo teve como objetivo avaliar a influência da sazonalidade climática no vigor e densidade da cobertura vegetal do município de Minaçu, Goiás, por meio do Índice de Vegetação Ajustado ao Solo (SAVI – Soil Adjusted Vegetation Index). O SAVI mensura o vigor vegetativo, a densidade e a atividade fotossintética. Foram utilizadas imagens do satélite Landsat 8 datadas de dezembro de 2016 (período úmido) e julho de 2017 (período seco). O processamento digital das imagens, o cálculo do índice e os produtos cartográficos foram desenvolvidos em softwares de geoprocessamento. Os resultados apresentaram decréscimo do SAVI do período úmido para o seco, indicando forte influência da sazonalidade climática, típica das regiões tropicais úmidas. No período úmido os valores do índice variaram de -0,26 a 0,92 e no período seco ficou entre -0,48 a 0,83. No mês de dezembro, período
úmido, aproximadamente 60% da área apresentou valores de SAVI entre 0,5 a 0,7. No período de estiagem, em torno de 70% da área registrou valores entre 0,3 e 0,5. As áreas de Savana Florestada foram as que apresentaram as maiores perdas em vigor e densidade vegetacional e a Savana Parque registraram as menores perdas.
Palavras-chaves: Imagem índice, Paisagem, Cerrado, Uso do solo.

Biografia do Autor

Andreiza Ribeiro Vieira, Universidade Estadual de Goiás, Campus Cora Coralina

.

José Carlos de Souza, Universidade Estadual de Goiás, Campus Cora Coralina

.

Referências

.
Publicado
2020-05-25
Seção
Artigos