O ACESSO DAS PESSOAS SURDAS NO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE TURISMO NA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS, CÂMPUS CORA CORALINA, CIDADE DE GOIÁS/GO

  • Fernanda Ferreira Rodrigues da Silva Universidade Estadual de Goiás, Campus Cora Coralina
  • Georgia Clarisse da Silva Universidade Estadual de Goiás, Campus Cora Coralina

Resumo

O artigo em questão tem como objetivo discutir sobre o acesso de pessoas surdas nos cursos superiores, e em especifico no curso de Tecnologia e Gestão de Turismo – Universidade Estadual de Goiás – Campus Cora Coralina. A Lei 10.436/02 garante a Libras como Língua oficial da comunidade surda e o Decreto nº 5.626/05 regulamenta a implantação e a obrigação do uso da Língua de Sinais, como língua de instrução nas esferas de ensino. A proposta é apresentar a forma de convívio e aceitação dos alunos surdos, analisando como se sentem, e quais os anseios que apresentam mediante todo este processo de inclusão. Para essa análise, serão abordadas as reflexões de Santos (2016), Costa (2014), Bisol (2010), e diante desse levantamento teórico, será discutido como vem acontecendo o acesso de pessoas surdas ao nível superior.
Palavras-chave: Deficiência auditiva. Inclusão. Pessoas Surdas.

Biografia do Autor

Georgia Clarisse da Silva, Universidade Estadual de Goiás, Campus Cora Coralina

.

Referências

.
Publicado
2020-05-12
Seção
Artigos