Dossiê "Poder, intolerância e disciplina em um mundo global": duzentos anos da extinção do “Santo Ofício” português (1821-2021)

  • Adson Rodrigo Silva Pinheiro Universidade Federal Fluminense (UFF)
  • Veronica de Jesus Gomes Universidade Federal Fluminense (UFF)

Resumo

O objetivo do dossiê, intitulado “Poder, intolerância e disciplina em um mundo global": duzentos anos da extinção do Santo Ofício português (1821-2021), é reunir pesquisas que examinem o Santo Ofício através de diversos prismas: as relações entre a instituição e a Monarquia portuguesa (e espanhola, durante a União Ibérica), as variações da atuação persecutória relacionadas às conjunturas políticas do Reino e do Ultramar, a ocupação de cargos nos tribunais distritais, dentre outros aspectos, suscitando, debates sobre as trajetórias dos condenados, que incluíam os cristãos novos acusados de judaísmo, os denunciados por sodomia, bigamia, blasfêmia e feitiçaria, padres solicitantes, personagens cujas origens pertenceram a um eclético matiz étnico-racial, permitindo, assim, a tessitura de biografias de inúmeros “protagonistas anônimos da história” (VAINFAS, 2002).

Biografia do Autor

Adson Rodrigo Silva Pinheiro, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Doutorando em História pela Universidade Federal Fluminense (UFF).

Veronica de Jesus Gomes, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Doutora em História pela Universidade Federal Fluminense (UFF).

Publicado
2022-01-31
Como Citar
Pinheiro, A., & Gomes, V. (2022). Dossiê "Poder, intolerância e disciplina em um mundo global": duzentos anos da extinção do “Santo Ofício” português (1821-2021). Revista De História Da UEG, 11(01), e112200. https://doi.org/10.31668/revistaueg.v11i01.12824