Obstáculos à Internacionalização do Ensino Superior na Perspectiva de Docentes

Inputs para a Gestão Acadêmica

Resumo

RESUMO: Objetivou-se explorar qualitativamente as percepções de docentes acerca dos obstáculos à internacionalização de suas atividades, gerando inputs para melhor gestão acadêmica. Para tanto, formaram-se dois grupos de docentes, muito e pouco internacionalizados, entrevistados por meio de um roteiro semiestruturado, tendo seus pareceres contrapostos. Os dados coletados foram analisados pela técnica de Análise de Conteúdo, seguidos de um entrecruzamento teórico-empírico. As barreiras à internacionalização levantadas pelos docentes variaram desde a falta de fomento da própria instituição de ensino superior (IES), até a falta de subsídios financeiros, ausência de impacto na remuneração, falta de tempo devido à alta carga didática, falta de proficiência em língua estrangeira, dentre outros obstáculos. Ademais, levantaram-se sugestões de melhoria para a gestão acadêmica quanto ao fomento à internacionalização, variando desde maior subsídio financeiro, até elevação no número de convênios, lançamento de maior quantidade de editais, promoção de mais eventos internacionais, dentre outras sugestões. Apesar dos limitantes naturais de uma pesquisa de abordagem qualitativa, como o reduzido grau de reprodutibilidade, espera-se que a fundamentação teórica deste artigo, entrecruzada com seus dados empíricos, tenha estimulado a reflexão e aprofundamento acerca da internacionalização de docentes, gerando informações para a otimização da gestão acadêmica em organizações educacionais.

Palavras-Chave: Internacionalização do Ensino Superior. Gestão Acadêmica. Docentes.

 ABSTRACT: The objective of this article was to qualitatively explore professors’ perceptions about obstacles to the internationalization of their activities, generating inputs for better academic management. To this end, two groups of professors were formed, much and little internationalized, they were interviewed by means of a semi-structured script and with their opinions intertwined. Data was analyzed using the Content Analysis technique, followed by a theoretical-empirical crossover. The barriers to internationalization raised by professors ranged from the lack of funding from the higher education institution , to the lack of financial subsidies, lack of impact on remuneration, lack of time due to high teaching load, lack of foreign language proficiency, among other obstacles. In addition, suggestions were made for improving academic management regarding to the promotion of internationalization, ranging from more  financial subsidies to an increase in the number of agreements, the launch of a greater number of public notices, the promotion of more international events, among other suggestions. Despite the natural limitations of a qualitative research, such as the reduced degree of reproducibility, it is expected that the theoretical foundation of this article, intertwined with its empirical data, have stimulated reflection and deepening about the internationalization of professors, generating information for optimization of academic management in educational organizations.

Keywords: Internationalization of Higher Education. Academic Management. Professors.

Biografia do Autor

André Luiz Mendes Athayde, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Doutor em Administração pela Universidade de Brasília (UnB) com Estágio Doutoral na University of Tampa (UT), Estados Unidos (Bolsista Capes - PDSE 2018/2019); Mestre em Administração pela Universidade Federal de Viçosa (UFV) - 2016; Graduado em Administração pelo Instituto Educacional Santo Agostinho (FASA) - 2013; Graduado em Letras Inglês pela Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) - 2017; Formado em Inglês pela Middle Tennessee State University (MTSU) em Nashville-TN, Estados Unidos - 2010. Possui experiência internacional na área de Supply Chain com treinamentos recebidos na NN/AS em Copenhagen, Dinamarca - 2012. Já recebeu prêmio de melhor artigo da área de Estudos Organizacionais em evento nacional promovido pela Universidade de São Paulo (USP) - 2019. Já apresentou trabalhos científicos na Universidade de Oxford, Inglaterra (St Anne's College - University of Oxford) e na Facultad de Ciencias Sociales da Universidad de Costa Rica, San Jose, Costa Rica. Atuou como Coordenador de Transportes e Exportação em indústria multinacional (2010-2014); Atuou como Coordenador de Planejamento e Infraestrutura da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) (2015-2017). Atualmente, é Professor do Magistério Superior (Dedicação Exclusiva) lotado na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) - Campus Montes Claros. Coordenador do Grupo de Estudos em Administração da UFMG (GEA/ICA/UFMG). Membro do Núcleo Docente Estruturante (NDE) do Curso de Administração da referida Universidade. Já atuou como Coordenador do Tema Educação Superior e Internacionalização da Divisão EnEPQ/ANPAD em evento científico. Temas de Interesse: Pesquisa Transcultural; Valores; Traços de Personalidade; Fontes de Orientação no Trabalho; Cultura; Internacionalização; Língua Inglesa; Supply Chain; Logística; Avaliação de Políticas Públicas e Programas Governamentais.

Publicado
2020-04-29
Seção
Artigos