Apreciação das Teorias Organizacionais em pesquisas sobre o mercado editorial brasileiro

um estudo da produção científica no período de 2014 a 2019

Resumo

RESUMO: Em virtude da remodelagem do mercado editorial com a inserção dos e-books e a crise que assolou esse setor a partir de 2010, é importante compreender como a academia tem tratado a pesquisa sobre esse tema por meio da categorização dos estudos realizados e da identificação de direções futuras, com foco em contribuir para o avanço do conhecimento nesse campo. Este estudo objetivou identificar e analisar as principais teorias organizacionais adotadas pelos pesquisadores no tocante à pesquisa no mercado editorial brasileiro, em produções científicas no período entre 2014 e 2019, visando entender onde o campo está atualmente e identificar oportunidades e direções de pesquisa. Foram selecionados 50 artigos empíricos publicados em periódicos, realizada a análise bibliométrica e, em seguida, análise de conteúdo, de forma a identificar as teorias organizacionais utilizadas. Os resultados mostram limitações no uso das teorias organizacionais e identificam a teoria organizacional Comunicação como a mais utilizada, bem como sugerem a teoria Ecoinovação como fonte promissora para o enriquecimento dos trabalhos nessa área de pesquisa. A Investigação se ateve ao tamanho da amostra selecionada e, apesar de trazer contribuições ao tema, seus resultados não devem ser generalizados.

Palavras-Chave: Mercado Editorial. Teoria Organizacional. Bibliometria.

 

ABSTRACT: The tax substitution of the ICMS has as a primary objective the fiscal practicality, as well as the improvement in the tax collection and the limitation of tax evasion of the taxpayers who tend to deceive the fiscalization. The payment of such tax is made in advance, based on the calculation of the Value Added Margin (MVA) that stipulates the profit margin to be obtained on the products that are part of this system, which is often higher than what is done, causing a high price passed on to the final consumer. Thus, the present research aimed to identify in the taxpayers perception the benefits and damages of the prepayment of ICMS through tax substitution. The research is of a quantitative nature and the data were obtained through a questionnaire sent by e-mail. The sample consisted of 182 individuals who were contacted for accessibility. The results allowed to infer that the taxpayers perceive the tax substitution as an efficient fiscalization methodology, however, a variable that increases the cost of products subject to tax substitution.

Keywords: Tax Substitution. Value Added Margin (MVA). Benefits and Harms of ICMS anticipation.

Biografia do Autor

Hellen Cordeiro Alves Marquezini, Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais

Mestrado em andamento em Administração. Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais, CEFET/MG, Brasil.

Publicado
2020-05-04
Seção
Artigos