Memória e Empoderamento Feminino no romance "Mesa dos Inocentes", de Adelice da Silveira Barros

  • Ana Paula de Souza Brito UEG - Universidade Estadual de Goiás
  • Nismária Alves David UEG - Universidade Estadual de Goiás

Resumo

Em Mesa dos inocentes, a narradora realiza uma viagem para quebrar silêncios, elucidar segredos de família. O objetivo é, além de analisar uma narração feita de idas e vindas no tempo, salientar o comportamento empoderado de mulheres numa época em que o patriarcalismo era preponderante. Muitas atitudes delas já reiteravam o que Beauvoir propunha em sua obra O segundo sexo (1949): aliança entre homem e mulher sem haver subjugação desta àquele. Como mulheres poderiam agir alterando rotas de vida? Objetiva-se também apresentar autora desconhecida na literatura goiana Adelice da Silveira Barros. Aportes teóricos: serão utilizados Perrone-Moisés (2016), Bakthin (1998), Woolf (1990) e Halbwachs (2006).

Biografia do Autor

Nismária Alves David, UEG - Universidade Estadual de Goiás

Doutora em Letras e Linguística pela UFG (2010). Professora da Universidade Estadual de Goiás, no curso de Letras, Câmpus Pires do Rio, e no Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Língua, Literatura e Interculturalidade (POSLLI), Câmpus Cora Coralina.

Publicado
2020-06-17
Seção
Artigos