O “nós” e o “eu” na construção dos poemas negros, de Jorge de Lima

  • Leandro Francisco de Paula UFPR - Universidade Federal do Paraná
  • Daniele Santos UTFPR - Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Palavras-chave: Jorge de Lima. Poemas Negros. Democracia Racial. Sociedade. Cultura.

Resumo

Jorge de Lima foi um poeta, escritor e médico alagoano. Em sua trajetória, ocupou diferentes posições sociais e conviveu com inúmeras pessoas, sendo influenciado por ideias das mais variadas origens e que ajudaram a modificar o seu trabalho como escritor. O objetivo aqui é pensar nessas articulações, entendendo a posição de Jorge de Lima como um poeta ora outsider, ora estabelecido dentro de determinadas figurações sociais. Esses conceitos fazem parte das teorias de Norbert Elias (1993, 1994, 2000, 2001, 2005) sobre o Processo Civilizador e as Figurações Sociais. Faremos uso desse e de outros autores, assim que se fizer necessário e plausível o diálogo. Além disso, exploraremos as fontes da época de recepção de Poemas Negros, pensando nas posições sociais e de poder que Jorge de Lima ocupava.
Publicado
2018-09-27
Seção
Artigos