A solidão no poema “Repetition Des Gefühls” de Erich Kästner

Resumo

RESUMO: Ao lado do viés político, a poesia de Erich Kästner (1899-1974) tem um forte interesse em dinâmicas afetivas, criando parâmetros de percepção lírica especialmente voltados para captar atmosferas que se compunham na realidade da República de Weimar. Assim, muitos poemas se voltam para a interseção entre a solidão e o anseio por laços afetivos. O poema “Repetition des Gefühls” (“Repetição do sentimento”) se insere nessa interseção, configurando uma atmosfera afetiva, cujo cerne é a experiência de solidão. Nessa esteira, este artigo deseja discutir o conceito de solidão e o modo como essa experiência é representada no poema de Erich Kästner.  

 

Publicado
2021-10-08
Seção
Artigos