A importância da autorregulação emocional para o professor alfabetizador

  • Roberto Remígio Florêncio IF Sertão - PE
  • Aurilene Barbosa de Souza Pedone Universidade do Estado da Bahia - UNEB

Resumo

Este estudo, por meio de revisão bibliográfica, visa apresentar uma análise das contribuições da autorregulação emocional do professor alfabetizador, compreendendo que a educação é uma via de mão dupla, não deve apresentar-se dissociada da área saúde, e precisa ser analisada em diversos aspectos: social, físico, emocional, evidenciando desse modo a complexidade da temática. Com enfoque nas habilidades socioemocionais, de modo a proporcionar uma visão ampla das dificuldades acarretadas pela ausência da saúde emocional dos profissionais nesta modalidade de ensino, a presente pesquisa demonstra que a autorregulação emocional é um dos fatores cruciais para o processo de ensino-aprendizagem. A metodologia tem como critérios de inclusão, os principais teóricos da temática. Ao final, é possível destacar a importância das formações como forma de compreender e intervir em tal processo, na busca por desenvolver novas habilidades docentes e conscientizar os envolvidos da importância da autorregulação, para se promover a saúde emocional desses sujeitos.

Biografia do Autor

Aurilene Barbosa de Souza Pedone, Universidade do Estado da Bahia - UNEB

Mestranda em educação (UNEB); Especialista em Neuropsicopedagogia (FACESP); Graduada em Pedagogia (UPE); Professora da Rede Municipal de Petrolina - PE.

Publicado
2021-09-29
Seção
Artigos