A RELAÇÃO ENTRE DÍVIDA PÚBLICA E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO: A EXPERIÊNCIA BRASILEIRA DE 2010 A 2015

  • Jose Aderaldo Nascimento Neto UFMA
  • Marcus Antônio Gomes Souza

Resumo

O presente artigo tem por objetivo analisar a relação entre dívida pública e desenvolvimento econômico, entre 2010 e 2015. Apresentando seus determinantes e o processo de eclosão da dívida pública, dado alguns desequilíbrios no lado real da economia. Antes, todavia expõe-se considerações teórico-metodológicas sobre dívida pública assinalando seus efeitos e consequências, nesse mesmo contexto faz-se uma revisão da literatura sobre o desenvolvimento econômico. Observa-se ao longo deste trabalho que o pensamento ortodoxo no Brasil toma à dianteira para explicar a evolução da dívida pública e consequentemente as estratégias de desenvolvimento. Dessa forma esta visão elege como principal variável causadora do aumento da dívida pública brasileira, o descontrole fiscal. Por fim, analisa-se os fatores que contribuíram para os déficits públicos a partir de 2014, assim como o crescimento acelerado da dívida bruta do governo geral. E, por conseguinte, a relação do Banco Central com a política monetária, a fim de estabilizar a liquidez da economia através do uso contínuo de operações compromissadas, reduzindo a política macroeconômica a política monetária, de forma a colocar os padrões de crescimento dos anos anteriores experimentados em xeque e, de certa contribuindo para a elevação do patamar da dívida pública, tornando assim o ambiente para desenvolvimento econômico incerto.

Biografia do Autor

Jose Aderaldo Nascimento Neto, UFMA

Mestrando em Desenvolvimento Socioeconômico-UFMA/PPGDSE.

Marcus Antônio Gomes Souza

Programa de pós graduação em desenvolvimento socioeconômico da UFMA.

Publicado
2020-04-13
Seção
Artigos