OS EFEITOS MACROECONÔMICOS DAS POLÍTICAS MACROPRUDENCIAL E MONETÁRIA:

EVIDÊNCIAS PARA PAÍSES SELECIONADOS DA AMÉRICA LATINA

  • Marcos Roberto Vasconcelos Departamento de Economia, Universidade Estadual de Maringá
  • Gabrielle Mari de Oliveira Programa de Pós-Graduação em Ciências Econômicas da Universidade Estadual de Maringá – PCE/UEM

Resumo

O objetivo do trabalho consiste em investigar, empiricamente, os efeitos da política monetária e macroprudencial sobre o produto interno bruto (PIB), os índices de inflação de preços e a oferta de crédito em cinco das principais economias latino-americanas: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia e México. Para isso, utiliza-se o modelo painel de vetor de auto regressão (VAR). Os principais resultados obtidos consistem em uma queda dos indicadores econômicos após a aplicação de choques nas políticas monetária e macroprudencial. Isso mostra que essas duas políticas possuem efeitos similares na economia e devem ser usadas de forma coordenada.

Biografia do Autor

Gabrielle Mari de Oliveira, Programa de Pós-Graduação em Ciências Econômicas da Universidade Estadual de Maringá – PCE/UEM

Mestranda em Teoria Econômica do Programa de Pós-Graduação em Ciências Econômicas da Universidade Estadual de Maringá – PCE/UEM

Publicado
2021-03-22
Seção
Artigos