FINANCIAMENTO DO CLIMA: DESAFIOS PARA ATUAÇÃO DO SISTEMA FINANCEIRO NO BRASIL

  • Maria Daniele de Jesus Teixeira UFMT
  • Jorge Madeira Nogueira

Resumo

Diante da necessidade do financiamento do clima para cumprimento das metas estabelecidas pelo governo brasileiro na COP-21, este artigo tem como principal objetivo contribuir para a reflexão da atuação do sistema financeiro neste tipo de investimento. Por meio de levantamento bibliográfico e documental, recentes marcos teóricos são cotejados com evidências empíricas, as quais fornecem bases críticas para reflexão e aprimoramento das normas e diretrizes para o sistema financeiro. Os resultados incitam a reflexão sobre a necessidade de uma atuação socioambiental mais eficiente do sistema financeiro, enfatizando as externalidades positivas, com subsequentes benefícios para todo o sistema. Discute-se, especificamente, a atuação socioambiental de instituições financeiras brasileiras, destacando a legislação como instrumento imprescindível para uma atuação padronizada e coerente com as necessidades do país, bem como o aprimoramento contínuo das terminologias e determinações relacionadas nas normas e diretrizes.

Biografia do Autor

Maria Daniele de Jesus Teixeira, UFMT

Doutorado em Economia pela Universidade de Brasília, Brasil(2017)
Gerente de Desenvolvimento Institucional da Universidade Federal de Mato Grosso , Brasil

Publicado
2020-04-13
Seção
Artigos