OS SANTOS DESGRAÇADOS: UMA LEITURA DO POEMA "DEVOÇÃO", DE LOBIVAR MATOS

  • Samuel Carlos Melo
  • Juliano Antunes Cardoso IFMT - Câmpus Barra do Garças.

Resumo

Nascido em Corumbá (atualmente, cidade de Mato Grosso do Sul), no início do século XX, Lobivar Matos é um poeta simples, mas que cativa pela maneira que, nessa simplicidade, pode lançar a base de uma poesia participativa e, por vezes, intensa no seu modo de escancarar as vicissitudes da vida do homem à margem dos grandes centros, vivendo nas fronteiras do país. Esse artigo objetiva interpretar seu poema “Devoção”, a partir da análise da metáfora, sobretudo a maneira como o eu-lírico vê, metaforicamente, os miseráveis que dormem nas escadarias das igrejas como santos. Para isso, utilizou-se dos pressupostos teóricos de Filipak (1983), Hansen (2006) e Lopes (1986). O artigo demonstra, por fim, como essa significação se dá em vários níveis, desvelando uma interessante metáfora poética que Lobivar soube criar nesse singelo poema.

Biografia do Autor

Samuel Carlos Melo

Possui graduação em Letras - Hab. Português/ Literatura (2009) e mestrado em Letras, área de Estudos Literários (2012), pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS, Câmpus de Três lagoas, e doutorado em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo - USP (2020). Atualmente é professor do quadro efetivo da Universidade Estadual de Goiás - UEG, atuando no curso de Licenciatura em Letras (Câmpus Oeste/ UnU de Iporá) e no Mestrado em Língua, Literatura e Interculturalidade (POSLLI - Câmpus Cora Coralina). É pesquisador do dos Grupos de Pesquisa CNPq ÍCARO (UFPel) e Estudos de Narratividade (UEMS). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Brasileira, atuando principalmente nos seguintes temas: poema narrativo, poesia brasileira, história da literatura e ensino de literatura.

Juliano Antunes Cardoso, IFMT - Câmpus Barra do Garças.

Possui graduação em Letras pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (2008) e mestrado em Letras pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (2011). Atualmente é professor de português / literatura do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Mato Grosso, Câmpus Barra do Garças.

Publicado
2021-02-05