DISCURSIVIDADES EM LIVROS DIDÁTICOS DE PORTUGUÊS A PARTIR DA ANÁLISE DE CONSTRUÇÕES DE IDENTIDADE DE GÊNERO

  • Guilherme Figueira-Borges Universidade Estadual de Goiás (UEG)
  • Ramon Diego Viana de Sousa

Resumo

Este artigo tem por objetivo analisar materialidades linguístico-visuais de dois Livros Didáticos de Português (CEREJA, et al, 2016; SINISCALCHI & ORMUNDO, 2016), de modo a evidenciar construções de padrões de gênero para o corpo feminino. Para tanto, inscrevemo-nos no campo da Análise do Discurso francesa, especificamente, nos postulados de Foucault (2009, 2014, 2016, 2018) em diálogo com os estudos sobre “gênero” de Louro (2014) e Bourdieu (2017). A partir das análises, percebemos que os livros didáticos de português analisados apresentam, por exemplo, textos e tirinhas que abrem a possibilidade para o questionamento de padrões de gênero cristalizados para a mulher. Isto evidenciou que, no ensino de português, há possibilidades de enfrentamento à dominação masculina sobre as mulheres na sociedade brasileira.

Biografia do Autor

Guilherme Figueira-Borges, Universidade Estadual de Goiás (UEG)
Graduado em Letras pela Universidade Federal de Uberlândia - UFU (2006). Mestrado (2010) e Doutorado (2014) em Estudos Linguísticos pelo Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos, Universidade Federal de Uberlândia - UFU. Atualmente, é Docente de Ensino Superior Doutor (DES IV) da Universidade Estadual de Goiás (UEG) no Câmpus Morrinhos, atuando no Curso de Letras e no Programa de Pós-graduação em "Língua, Literatura e Interculturalidade" (POSLLI/UEG). Está credenciado, também, no Programa de Pós-graduação em Estudos da Linguagem (PPGEL/UFG Catalão). É coordenador do grupo de pesquisa: "Grupo de Estudos do Discurso e de Nietzsche" (GEDIN/UEG/CNPq). E desenvolve pesquisas nos seguintes temas: Ensino-Aprendizagem de Língua Portuguesa; Análise do Discurso francesa; Teoria(s) de Friedrich Nietzsche. 
Ramon Diego Viana de Sousa

Mestrando no Programa de Pós-graduação em Estudos da Linguagem (PPGEL/UFCat). Graduado em Letras pela Universidade Federal de Goiás (UFG)

Publicado
2020-07-08