A produção científica mundial de bioindicadores de qualidade ambiental em 21 anos (1991-2012)

  • Rogério Nunes Oliveira Universidade Estadual de Goiás
  • Thaís de Fátima Corrêa Universidade Estadual de Goiás
Palavras-chave: Conservação, impacto ambiental, biomonitoramento

Resumo

O objetivo deste trabalho foi verificar as tendências nas pesquisas mundiais sobre bioindicadores de qualidade ambiental através de uma análise cienciométrica. Foi realizada uma busca por artigos científicos na base de dados Web of Science, sobre bioindicadores de qualidade ambiental, publicados entre 1991 a 2012. Foram analisados 1376 artigos,  e que ao longo dos anos há uma tendência no aumento de publicações de bioindicadores de qualidade ambiental. Os organismos mais utilizados nos artigos fora invertebrados aquáticos e vegetais terrestres. Trabalhos que envolvam bioindicadores de qualidade ambiental têm se tornados fundamentais no atual cenário mundial. As consequências das ações humanas aos ambientes naturais não estão totalmente elucidadas, e os bioindicadores podem ser uma das vias para se obter as respostas. Assim, recomenda-se que parcerias entre institutos e universidades que tenham por objetivo estudar bioindicadores de qualidade ambiental seja ampliada, a fim de melhorar o conhecimento das ações antropogênicas aos ambientes naturais.

Biografia do Autor

Rogério Nunes Oliveira, Universidade Estadual de Goiás

Possui Graduação em Ciências Biológicas - Modalidade Licenciatura pela Universidade Estadual de Goiás (2012). Atualmente é mestrando no Programa de Pós-graduação Recursos Naturais do Cerrado pela mesma instituição. Tem experiência em sistemas reprodutivos de angiospermas, ecologia de capivaras e cigarras.  

Thaís de Fátima Corrêa, Universidade Estadual de Goiás
Possui Graduação em Ciências Biológicas – Modalidade Licenciatura pela Universidade Estadual de Goiás (2011). Atualmente é mestranda no Programa de Pós-graduação em Recursos Naturais do Cerrado pela mesma instituição. Tem experiência na área de educação ambiental e ecologia de ambientes aquáticos.

Publicado
2017-10-10
Seção
Ciências Biológicas