PRODUÇÃO AGRÍCOLA: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA SOBRE AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS E PRODUTIVIDADE DE PLANTAS GRANÍFERAS NO BRASIL

Resumo

 O clima é o principal fator ambiental associado à variabilidade da produtividade agrícola mundial, em especial para os sistemas de sequeiro, que ocupam grandes áreas produtoras de grãos e outros produtos agrícolas no Brasil. Se o cenário de mudanças climáticas previsto, se confirmarem no futuro, a produção agrícola mundial será afetada, pois as culturas são sensíveis a diferentes temperaturas do ar e aos níveis de CO2 na atmosfera. Diante disto, o objetivo desta revisão bibliográfica foi ressaltar os principais, e ainda pouco conhecidos, impactos ocasionados pelas mudanças climáticas na agricultura, sobretudo para a produtividade de plantas graníferas. O aumento de 0,3 °C até o ano de 2100 afetará as principais plantas graníferas cultivadas no país, causando reduções drásticas na produção de milho, soja e feijão, refletindo em perdas de 97,2%, 81,2% e 71,9% para cada cultura respectivamente. Sendo assim, é relativamente simples compreender que as mudanças climáticas podem impactar de diferentes formas a produção grãos em todo o mundo, por estar associado à pressão parcial de CO2 atmosférico, temperatura local e a incidência de pragas e doenças, fatores responsáveis por drásticas reduções de produtividade em culturas graníferas.

Publicado
2020-03-09