O romanês falado pelos ciganos kalderash do município de Aparecida de Goiânia – Goiás

Elza Kioko Nakayama Nenoki Murata

Resumo


Este trabalho visa à identificação do dialeto romanês falado pelo grupo cigano kalderash, de Aparecida de Goiânia, Goiás. Nesta perspectiva, farei um estudo comparativo entre a descrição apresentada por Ian Hancock no livro A handbook of vlax Romani (1995) sobre o romani, língua universal dos ciganos kalderash, e a descrição feita a partir de minha pesquisa de campo na qual convivi semanalmente de agosto de 2009 a agosto de 2010 coletando vocábulos, expressões do romanês e observando o dia a dia desses ciganos. O objetivo deste artigo é mostrar que os dados por mim coletados apontam para o fato de esse grupo não só usar o romanês em diversas situações como conversas entre os familiares, entre os próprios ciganos, nos cultos (são evangélicos), mas que também mantém muito mais da língua original, o romani. Assim, pode-se concluir que se levarmos em conta os aspectos morfológicos e sintáticos do romanês e o seu uso exclusivo entre a família e o grupo, os Kalderash de Aparecida de Goiânia ainda conservam grande parte de sua língua.


Palavras-chave


Ciganos Kalderash. Romani. Dialeto Romanês

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Via Litterae – Revista [online] de Linguística e Teoria Literária - ISSN 2176-6800
http://www.revista.ueg.br/index.php/vialitterae - E-mail: via.litterae@ueg.br