FLORA MEDICINAL DO CERRADO - UMA REVISÃO DE LITERATURA

  • Kássia Roberta Xavier-Silva Universidade Estadual de Goiás
  • Lucas Leonardo-Silva
  • Andréia Juliana Rodrigues Cordeiro
  • Flávio Monteiro Ayres

Resumo

Considerado um hotspot, o Cerrado possui mais de 12.000 espécies de plantas utilizadas para fins diversos, como alimentício e medicinal. Esta revisão de literatura fornece um panorama dos relatos científicos sobre a flora medicinal do Cerrado disponíveis nas bases de dados PubMed e SciELO. Um total de 87 artigos, em 33 periódicos científicos especializados, foram encontrados e categorizados conforme abordagem do estudo. A tendência temporal indicou uma correlação moderada positiva (r = 0,56), com aumento no número de publicações ao longo dos anos. As abordagens mais frequentes foram sobre a diversidade e a conservação das espécies de plantas medicinais, que somam 20% das publicações, seguidas de abordagens sobre prospecção fitoquímica e temáticas médicas que somam 16% e 13%, respectivamente. Um total de 70 espécies foram citadas nas publicações avaliadas, sendo Dimorphandra mollis Benth. a mais frequente com 6,4% das citações. As publicações de plantas medicinais do Cerrado têm como foco principal o levantamento da diversidade e os métodos de preservação. Esses achados evidenciam uma lacuna a ser explorada devido à grande diversidade de espécies presentes no Cerrado que são utilizadas por parte da população, principalmente para fins medicinais, sem comprovação cientifica de eficácia.

Palavras-chave: Savana. Farmacognosia. Fitoterapia. Medicinal alternativa. Conservação de recursos naturais. 

Publicado
2018-08-25
Seção
Artigo de Revisão