INSTRUMENTOS DE MEDIDAS PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM SÍNDROME DE DOWN: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

  • Ana Paula Bensenmann Gontijo Universidade Estadual de Goiás
  • Ricardo Rodrigues de Sousa Junior
  • Adriana Lara Mesquita
  • Lanna Nicolau Teixeira
  • Thaís Gonçalves Lara

Resumo

Esta revisão sistemática tem como objetivo identificar os instrumentos de medidas disponíveis na literatura para a avaliação de crianças e adolescentes com síndrome de Down durante o processo de reabilitação fisioterápica e analisar o atual nível de evidência das propriedades psicométricas desses instrumentos. Para isso, dois avaliadores independentes buscaram estudos metodológicos que analisaram instrumentos de medida em indivíduos com síndrome de Down nas bases de dados Medline, Lilacs e Scielo. Foram selecionados sete estudos os quais foram avaliados, quanto a sua qualidade metodológica, utilizando os critérios do COSMIN. Os estudos investigaram seis instrumentos de medidas em crianças e adolescentes com Síndrome de Down. Destes instrumentos; quatro avaliaram funções motoras grossas (Basic Motor Skills, Gross Motor Function Measure, Timed Up and Go e Timed Up and Down Stairs) e dois equilíbrio (Four Square Step Test e Timed Standing Balance Test). Os instrumentos foram avaliados quanto qualidade das propriedades de medida e classificação do nível de evidência. O nível da evidência dos instrumentos variou de desconhecido a excelente, dependendo da propriedade de medida de cada instrumento. Portanto, os resultados sugerem que a escolha e administração destes instrumentos em crianças e adolescentes com síndrome de Down deve ser feita com cautela.

Palavras-chave: Síndrome de Down. Avaliação de resultados. Psicometria. Revisão.

Publicado
2018-08-25
Seção
Artigo de Revisão